Jump to content

Brazil Division

SBRF [PT-BR]
 Share

Introdução
Revision: 17 Apr 2022
ICAO Nome Órgão ATC SSR Tipo de Operação
SBRF Guararapes - Gilberto Freyre TWR / GND / DEL 0201-0210 VFR / IFR

Propósitoimage.thumb.png.eb756f0aff31d9a9c98c81b1cdbb7063.png

Este documento descreve os procedimentos a serem utilizados pelo Serviço de Tráfego Aéreo do Aeroporto dos Guararapes (SBRF). Os procedimentos descritos aqui são suplementares aos procedimentos aplicados pelo DECEA.

Abrangência

Estes procedimentos devem ser observados e aplicados a todos os membros que estiverem operando em SBRF, especialmente ao ATC, mas não exclusivamente.

Desvios Procedimentais

Situações excepcionais, ou incomuns, podem necessitar de desvios procedimentais, ou procedimentos complementares aos relacionados a seguir. Para tais situações, é extremamente importante que se utilize o bom senso para que se encontre a solução mais adequada.

 Share

Posições Operacionais
Revision: 09 Apr 2022
Posição Indicativo de Chamada Frequência ID
Centro Centro Recife 125.400¹ RE1
128.800²

¹ - frequência primária

² - frequência secundária

 Share

Autorização ATC
Revision: 09 Apr 2022

As aeronaves VFR decolando de SBRF sempre serão autorizadas, após livrar o circuito de tráfego, a voar DCT para a posição CAIS DE SANTA RITA (para ingresso na REA ITAMARACÁ), ou para a posição LAGOA AZUL (para ingresso na REA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, ou na REA SUAPE).

image.png.4a0d4129dd4a676ca19b812cc0eaa402.png

SOMENTE após coordenação entre TWR e APP RECIFE (ou ACC, caso o APP esteja offline), uma aeronave pode ser autorizada a voar para outra posição após a decolagem.

 Share

Gerenciamento de Solo
Revision: 18 Apr 2022

Limitação de WINGSPAM

image.png.d6217ac9c0e34c8130dd59ffff991d84.png

O ATC deve se atentar para as seguinte limitante nas TWY:

  1. Máxima envergadura permitida 36 metros (MAX SPAM 36M) nas TWY G e K;
  2. Máxima envergadura permitida 15 metros (MAX SPAM 15M) nas TWY P N.

 

Manobra de 180º sobre a pista

Giro de 180DEG de ACFT do porte de FOKKER 100, BOEING 737, ou maiores, somente nas THR

Restrição para ACFT CIVIS

image.png.9a2584979e473b0f8f5b63228f44b95a.png

A TWR RF deve observar a proibição para ACFT CIVIS de circulação no lado OESTE do aeroporto (ver imagem ao lado).

Operação Simultânea na RWY e nas TWY paralelas

image.png.c7084584e7a82cfa89c1a5cc09c062f1.pngQuando SBRF estiver operando em IMC, é PROIBIDA a operação SIMULTÂNEA de pouso ou decolagem na RWY18/36 e taxi nas TWY D, K e M; entre uma aeronave com envergadura igual ou superior a 36 metros, e outra aeronave com envergadura maior ou igual a 24 metros.

Por exemplo: um A330 da Azul (60 metros de envergadura) pousando na RWY18, e um B737 da Gol (36 metros de envergadura) solicitando taxi. Como uma aeronave tem mais do que 36 metros, e a outra tem mais do que 24 metros, tal operação não pode ocorrer. Assim, o 737 da gol teria que aguardar o pouso do A330 da Azul para que o seu taxi fosse autorizado. Lembrando que tal regra vale apenas quando o aeródromo estiver operando IMC (visibilidade menor do que 5KM, ou teto menor do que 1500ft).

É importante que o ATC de SBRF perceba a complexidade de tal restrição. Para evitar penalizações demasiadas, ou gasto de combustível desnecessário, solicitações de pushback e acionamento devem ser negadas até que o tempo de espera não seja maior do que o minimamente aceitável.

Hangares

image.png.f6eb41c907342e16373d70ec50aacc97.pngObserve o mapa ao lado para conhecer a localização dos hangares de SBRF. O nome deles pode ser usado durante as comunicações para facilitar a indicação de estacionamento de uma determinada aeronave.

Posições de estacionamento

Os seguintes critérios devem ser observados para determinação do pátio de estacionamento:

  • image.png.9db88acebdbaf082913e42ba64043737.pngPÁTIO 1
    • Aeronaves gerais de pequeno e médio porte que não irão estacionar nos hangares;
    • aeronaves comerciais de pequeno porte;
    • helicópteros que não irão estacionar nos hangares.
  • PÁTIO 2
    • Comerciais de médio e grande porte;
    • aeronaves gerais de grande porte;
    • aeronaves de carga.
  • PÁTIO 3 e 4
    • Aeronaves militares.

Quando uma aeronave for estacionar no pátio 2, a TWR RF irá determinar uma posição específica de estacionamento. Vale lembrar que, na vida real, tal procedimento é feito pela Administração Aeroportuária. A ideia é adaptar isto para o nosso mundo da simulação. Assim sendo, os seguintes critérios devem ser observados para determinar a posição de estacionamento no pátio 2:

Tipo de voo Aeronave usa finger? Internacional Tamanho Posições
COMERCIAL NÃO NÃO Qualquer 1 a 5
SIM Médio 6 a 13 
Grande 10 e 13
SIM Médio 14 a 16
SIM Grande 16
GERAL NÃO Qualquer Grande 1 a 5
CARGA NÃO Qualquer Qualquer 17 a 21

Como não há numeração das posições expressas na PDC dos pátios 1, 3 e 4, a expressão "posição a seu critério" deve ser utilizada, como no exemplo abaixo:

TWR -> PSEYA, no solo aos 03', livre a esquerda e prossiga o taxi via B e P para o pátio 1, posição a critério.

TWR -> PSEYA, on the ground at 03', vacate the runway to the left and taxi via B and P to apron 1, position at your discretion.

Instrução após o pouso

Quando a ACFT estiver na final, a TWR RF deve questionar qual será o local de estacionamento. A TWR deve então repassar tal informação para o GND RF.

A depender do local de estacionamento da aeronave e da TWY que a ACFT livrar a pista, para minimizar a carga de trabalho da tripulação, e acelerar o livramento da pista, a TWR RF irá autorizar o taxi da ACFT sem que ocorra a transferência de comunicação para o GND RF. Para isso, é EXTREMAMENTE necessário, e IMPRESCINDÍVEL, que ocorra coordenação constante entre TWR e GND.

Na tentativa de padronizar algumas situações em que isso irá ocorrer, a TWR e o GND devem observar os seguintes critérios:

Tráfego conflitante nas TWY? TWY que livrou Local de estacionamento Transfere para o GND?
SIM Qualquer Qualquer SIM
NÃO C Qualquer SIM
L Pátio 2 (posições de 6 a 15) NÃO
B Pátio 1 e Hangares
M Qualquer SIM
D
E
F Pátio 3 NÃO
G Pátio 4
J Qualquer SIM

Qualquer outro caso que não esteja discriminado na tabela acima deve seguir o padrão (transferir após livrar para o GND). É importante frisar que o mais importante nesses casos é a coordenação estreita e contínua entre as posições. 

Obs: Nos casos citados na tabela, quando a ACFT livrar a pista, a transferência de comunicação não é feita (a ACFT permanece na escuta da TWR), contudo, a transferência de controle sim (a ACFT passa a ser controlada pelo GND RF). Portanto, a palavra final será SEMPRE do GND RF, já que este é quem detém o CONTROLE da ACFT, mesmo que a comunicação ainda esteja com a TWR.

Como a TWR deve proceder:

  1. ACFT na final:
    1. Informa para o GND RF qual será o local de estacionamento informado pelo piloto;
  2. Caso a aeronave vá para o pátio 2, o GND RF é quem irá determinar a posição de estacionamento, seguindo a tabela neste documento;
  3. Quando a aeronave pousar, a TWR RF irá informar:
    1. matrícula;
    2. hora do pouso;
    3. TWY para livrar;
    4. TWY para taxiar até a posição (se for diferente da TWY de livramento);
    5. posição de estacionamento (ou "posição a critério", conforme os casos especificados neste documento); e
    6. reforçar que a ACFT deve permanecer na escuta da TWR até o corte (para evitar que a tripulação troque de frequência sem ser instruída a tal).

TWR RF -> AZU4224, solo aos 54', livre pela L, e prossiga via M para a posição 9. Mantenha a minha escuta até o corte.

TWR RF -> AZU4224, on the ground at 54', vacate via L taxiway, and proceed via M to stand 9. Remain on my frequency until the cutoff.

Partida de parte intermediária da RWY

Conforme instrução do DECEA, sempre que a sugestão/instrução de decolagem de parte intermediária da RWY partir do ATC, a quantidade remanescente de pista deve ser informada. Para isso, deve-se observar o gráfico abaixo:

image.png.b23054adf4c9d6b16994e8210de955a3.png

 Share

Gerenciamento do Circuito de Tráfego
Revision: 15 Apr 2022

Coordenação com o APP WF

Sempre que um tráfego estiver evoluindo no circuito de tráfego de SBRF, e o APP WF estiver online, as manobras de 360º na perna do vento, ou as de estender a perna do vento, devem ser IMEDIATAMENTE coordenadas com o APP.

Restrições no Circuito de Tráfego

Normalmente, as CHEGADAS para o Circuito de Tráfego dar-se-ão pelas posições:

  • Cais de Santa Rita;
  • Lagoa Azul; ou
  • outra posição previamente coordenada entre o APP e a TWR

Já as SAÍDAS do Circuito de Tráfego irão obedecer o que está previsto neste capítulo, em PARTIDAS VFR.

 Share

Transferência de Controle
Revision: 15 Apr 2022

Com controle adjacente online

As aeronaves VFR partindo, serão instruídas a chamar o APP WF, ou o ACC RE, quando o APP estiver offline, quando estiverem ingressando nas REA.

NOTA: a transferência pode ocorrer em outro ponto, desde que anteriormente coordenado entre APP (ou ACC, caso factível) e TWR.

Sem controle adjacente online

Caso não tenha APP WF, ou ACC RE, online, a TWR deve autorizar a troca de frequência, após a aeronave livrar a CTR RECIFE, utilizando a seguinte fraseologia:

Piloto -> Torre Recife, PTOZZ, passando a posição FORTE ORANGE.

Torre -> PTOZZ, o próximo controlador está offline, autorizado livrar a frequência.

Pilot -> Recife Tower, PTOZZ, passing FORTE ORANGE position.

Tower -> PTOZZ, the next controller is offline, frequency change approved.

 Share

NOTAM
Revision: 15 Apr 2022

Utilize sempre o AISWEB para consular os NOTAM vigentes.

NOTA: O que deve prevalecer sempre é o bom senso. Caso o piloto solicite a não simulação de um NOTAM, e isso não atrapalhe a simulação dos demais, tal solicitação DEVE ser atendida. Problemas pontuais devem ser reportados ao nosso time de staff.

 Share

Outras Informações
Revision: 15 Apr 2022

Por limitação da POSCON, SBRF não conta com ATIS; assim sendo, a TWR deve prestar a informação meteorológica para todas as aeronaves que partem, contendo as seguintes informações, e na ordem:

  1. pista em uso;
  2. direção e velocidade do vento, incluindo suas variações significativas;
  3. ajuste de altímetro
  4. temperatura
  5. visibilidade existente no setor de decolagem, ou valor do RVR correspondente à pista em uso; e
  6. hora certa

Fraseologia:

GLO1817, pista em uso 1-7 direita, vento 1-4-0º, 8KT, ajuste de altímetro 1-0-1-2, temperatura 2-8º, visibilidade 8km, hora certa 5-6'.

GLO1817, runway in use 1-7 right, wind 1-4-0º, 8KT, altimeter setting 1-0-1-2, temperature 2-8º, visibility 8km, time check 5-6'.

 Share

Changelog
Revision: 16 Apr 2022
# Data Descrição Autor
- 15ABR22 Criação do documento Juvenal Gomes (1025243)
×

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use, Privacy Policy, and Guidelines.